Utilização Segura da Internet

Imprimir
Categoria: Atendimento DT
Criado em 08 fevereiro 2019 Publicado em:
Escrito por Administrator Visitas: 425

Resultado de imagem para utilização segura da internet

Quais as boas práticas de Segurança Online na Internet?

 

Aplicações ou programas de fonte desconhecida

Recomendamos-lhe que não faça o download, nem instale no seu computador, aplicações ou programas de fonte desconhecida. 

Se transferir dados ou programas que lhe tenham sido entregues por terceiros, verifique  sempre se não têm vírus antes de os instalar/guardar no seu disco. No caso de os submeter ao antivírus e ser detectado algum problema, execute as acções recomendadas.


Confirme sempre se o endereço que lhe aparece no browser está correcto

Além de confirmar sempre se o endereço está correcto, deverá também verificar se o endereço do servidor (URL) começa por https://. O cadeado de certificado digital é outra forma de garantir que está a aceder ao nosso sistema através de uma ligação segura.


Termine sempre a sua sessão.
Desta forma impede que terceiros tentem utilizar a sua sessão.

Elimine sempre os Cookies, ficheiros temporários e o histórico.
No final de cada sessão, limpe os Cookies, os ficheiros temporários e apague o histórico do seu browser. 


Tenha particular cuidado na impressão de documentos.
Não esqueça os documentos na impressora ou outros locais a que terceiros tenham acesso e destrua os documentos que já não necessite. 

 

QUAIS AS BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA ONLINE NO COMPUTADOR?

Utilize um antivírus. 
Mantenha o seu computador constantemente ligado e actualizado.
Efectue regularmente um scan integral a todos os conteúdos do computador. 

Utilize software credível e licenciado.
Ao utilizar apenas software proveniente de fontes credíveis e licenciado, poderá também beneficiar das políticas de actualizações automáticas disponibilizadas pela maior parte dos fabricantes.

Mantenha o seu sistema operativo e o seu browser actualizado.
Se utiliza o sistema Windows, active as funcionalidades de actualizações automáticas e confira regularmente os updates que são disponibilizados em www.windowsupdate.microsoft.com. 

No caso de utilizar o sistema Mac ou Linux, visite regularmente os sites das respectivas empresas para obter as versões mais recentes.

Utilize um firewall sempre ligado.
Confirme sempre se o seu sistema operativo ou o seu antivírus inclui um firewall.
Este programa é uma ferramenta indispensável e extremamente eficaz para se conseguir impedir a transmissão de dados nocivos ou operações/acessos indevidos por parte de terceiros quando estiver ligado à rede. 

Outros programas que asseguram a segurança do seu sistema.
O SpyBot (www.spybot.org) é uma boa opção de software contra programas do género adware ou spyware. Estes programas são muitas vezes apresentados de forma dissimulada como sendo atractivos ou úteis (jogos gratuitos, sistemas de informação meteorológica, etc.), no entanto recolhem frequentemente dados e podem prejudicar o desempenho do computador.

Protecção através das definições do browser.
Active as funcionalidades de bloquear novas janelas em pop-up e downloads, pois dessa forma receberá um alerta sempre que ocorrer uma dessas situações, podendo escolher o que fazer.

 

 

QUAIS AS BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA ONLINE COM OS CÓDIGOS PESSOAIS?

Não permita que o browser do seu computador ou de um computador público memorize os seus dados

Assim, se um dia o computador avariar e tiver de ser reparado, os seus dados de acesso não estarão vulneráveis.

No caso dos computadores públicos, além de não permitir que memorizem os seus dados, deverá igualmente, no final da sessão, eliminar os Cookies e os ficheiros temporários.


Mantenha a confidencialidade dos seus dados pessoais.
Memorize os seus dados de acesso, mantenha-os confidenciais e nunca os disponibilize a terceiros.
Não escreva os seus dados de modo a poderem ser consultados por terceiros e nunca os envie por correio electrónico.

Assegure que ninguém vê os seus dados de acesso.
Ao inserir os seus dados de acesso, certifique-se de que ninguém os vê, nem se apercebe do que está a escrever.

Altere com alguma frequência os seus dados de acesso.
Utilize combinações difíceis para terceiros e que não estejam directamente associadas a si (evite utilizar datas de aniversário, números de telefone, etc.) 

 

QUAIS AS BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA ONLINE COM EMAILS?

Verifique a origem das mensagens de correio electrónico.
Não abra as mensagens que lhe pareçam de fonte duvidosa.
Não reencaminhe nem responda a estes emails, não utilize os links disponibilizados nem abra os ficheiros anexos. 

Tenha em atenção as mensagens não personalizadas, uma vez que podem tratar-se de fraudes (Exemplo: “Exmo. Senhor” ou “Estimado Cliente”).

Se tiver dúvidas sobre a proveniência da mensagem recebida, deve certificar-se junto do remetente de que foi efectivamente enviada por este e que o conteúdo é seguro.

Se utilizar um software de email que tenha a opção "Painel de Pré-Visualização" ou “Preview Panel” activa, altere as configurações e desactive-a.  


QUE TIPOS DE FRAUDE EXISTEM?


As principais ameaças à Segurança na Internet podem ser divididas em 5 grandes grupos:

PHISHING

  • Mensagens não solicitadas enviadas por correio electrónico ou SMS com origem numa fonte aparentemente fidedigna (Exemplo: Banco ou Empresa);
  • Contêm links que reencaminham os Clientes para páginas que, embora muito semelhantes às originais, são sites fraudulentos utilizados para furtar os dados pessoais e financeiros dos utilizadores;
  • Podem também conter formulários para o preenchimento e envio de dados pessoais e confidenciais (Chaves de Acesso, N.º Cartões, etc.). 

 

O que deve fazer:

  • NUNCA utilize ou aceda aos serviços online através de links contidos em mensagens de email ou SMS;
  • Verifique se alguma parte do site não lhe parece autêntica, se a linguagem utilizada é adequada e se são solicitados os dados de acesso habituais; 
  • Verifique SEMPRE se a mensagem é personalizada (Exemplo: "Exmo. Senhor Pedro Alves") e não é enviada de forma geral (Exemplo: “Estimado Cliente” ou “Exmo. Senhor”);
  • Utilize um antivirus e mantenha SEMPRE o seu sistema operativo e o seu browser actualizados. 

 

TROJANS

  • Softwares que se propagam através de mensagens de email e cujos conteúdos não estão ligados a instituições financeiras;
  • Uma vez instalados, monitorizam o acesso aos serviços, não se activando em todos os acessos, tipicamente activam-se apenas uma vez, por cada ligação do computador;
  • Pode recolher toda a informação do utilizador, nomeadamente códigos secretos.

 

O que deve fazer:

  • Mantenha SEMPRE o seu sistema operativo e o seu browser actualizados;
  • Active as funcionalidades de bloquear novas janelas pop-up edownloads;
  • Utilize um firewall sempre ligado e instale um software contra programas do género adware / spyware / malware;
  • Verifique se alguma parte do site não lhe parece autêntica, se a linguagem utilizada é adequada e se são solicitados os dados de acesso habituais.

 

KEYLOGGERS

  • Programa de computador do tipospywarecuja finalidade é registar a sequência de teclas digitadas por um utilizador;
  • O objectivo é capturar códigos, emails ou números de cartões de crédito;
  • Quando são executados, os keyloggers ficam escondidos no sistema operacional e dessa forma a vítima não tem forma de saber que está a ser controlada.

 

O que deve fazer:

  • Mantenha SEMPRE o seu sistema operativo e o seu browser actualizados;
  • Utilize um firewall sempre ligado;
  • Instale umsoftwarecontra programas do género adware / spyware / malware.

 

SCAM

  • Mensagens de email não solicitadas com aliciantes "Oportunidades de Emprego", que proporcionam elevados rendimentos de forma fácil;
  • Estas ofertas de trabalho têm como finalidade angariar "agentes financeiros" ("Mulas" ou "Testas-de-Ferro") que actuam como intermediários, recebendo nas suas contas bancárias, transferências com origem em fraudes que, posteriormente, transferem para contas no estrangeiro, recebendo em contrapartida uma comissão;
  • Por vezes, os intermediários actuam sem culpa, não sabendo a origem do dinheiro em causa, contudo, são criminalmente responsáveis pela sua conduta.

 

O que deve fazer:

 

  • NUNCA abra mensagens que lhe pareçam de fonte duvidosa;
  • Não reencaminhe nem responda a estas mensagens, não abra/execute os ficheiros em anexo nem utilize os links que são disponibilizados;
  • NUNCA deve responder a emails que ofereçam propostas ou ofertas de trabalho demasiado interessantes, pois é provável que sejam falsas; 

 

VISHING

  • A vítima recebe um email, supostamente da sua entidade bancária, no qual é disponibilizado um número de telefone que tem de utilizar e através de uma gravação, são solicitados dados do seu cartão e os códigos do mesmo;
  • Outra modalidade, é através do envio de um SMS, informando o Cliente que o seu Banco fez um depósito de X euros na sua conta e também um número de telefone através do qual pode saber mais informações. A vítima liga para saber o que aconteceu e fornece os dados bancários que a voz da gravação lhe solicita.

 

giae

giaeINTERNO

Resultado de imagem para centro qualifica

BIBLIOTECALOGO