EDP ESCOLAS SOLIDÁRIAS

Imprimir
Visitas: 3060

 

Capturar1

No dia 19 de dezembro, pelas 9 horas, teve lugar no Auditório Municipal um evento especial: a sessão solene de entrega dos primeiros cartões de apoio ao acesso a medicamentos a vários utentes, selecionados pela Câmara Municipal de Castro Daire.

Este projeto pretende o fornecimento de medicamentos sujeitos a receita médica a idosos carenciados e a filhos de famílias carenciadas com medicação específica, permitindo melhorar a sua qualidade de vida, e, simultaneamente, promovendo a consciência solidária e o voluntariado social na escola.

Ao longo destes dois anos, foram desenvolvidas várias atividades que contaram com as parcerias estabelecidas entre a Equipa do Projeto "Escola Solidária - SOS MEDICAMENTOS" do Agrupamento de Escolas de Castro Daire, a Câmara Municipal de Castro Daire, as Farmácias do concelho, o Conselho Local de Ação Social (CLAS), a Associação Abem Dignitude e a Unidade de Cuidados da Comunidade do Centro de Saúde de Castro Daire (UCCCD). De referir ainda que este projeto tem como padrinhos a Dr.ª Maria de Belém Roseira, Pedro André Esteves, jornalista da RTP e antigo aluno deste agrupamento, e Licínia Bogalho, enfermeira chefe e Coordenadora da UCC de Castro Daire.

O projecto continua este ano letivo com o empenho e a dedicação que todos os participantes vêm demonstrando desde a primeira hora, estando já programadas várias atividades que, a seu tempo, serão divulgadas. Porque Ser Humano é Ser Solidário!

___________________________________________________________________________________________

EDP Escolas Solidárias

"Sete escolas do distrito de Viseu foram premiadas pela Fundação EDP no âmbito do programa “Escolas Solidárias”. A atribuição de prémios foi realizada no Teatro Camões, em Lisboa, com uma sessão que contou com a presença de mais de 800 alunos e professores vindos de todo o país.

Segundo a Fundação EDP, o “Escolas Solidárias”, criado em 2010, mobiliza todos os anos “dezenas de milhares de alunos e professores” desafiando-os a tornarem-se “agentes de mudança positiva” através do desenvolvimento de projetos que possam contribuir para a melhoria das situações de carência nas suas comunidades.

No quadro deste programa, a instituição atribuiu os prémios Revelação à Escola Básica e Secundária de Oliveira de Frades e à Escola Profissional de Vouzela, por terem participado pela primeira vez na iniciativa. Outras 18 escolas também receberam distinções nesta categoria.

Já na categoria Distinção (destinado às 20 escolas que tenham tido um desempenho de qualidade superior e distintivo), foram distinguidas  o Agrupamento de Escolas de Castro Daire, através da Escola Secundária, da Escola Básica Número 2 e da Escola Básica de Mões, a Escola Secundária de Viriato (Viseu) e a Escola Básica e Secundária de S. João da Pesqueira.

A Fundação EDP avança que o “Escolas Solidárias” mobilizou 513 escolas, públicas e privadas, gerais e profissionais, do 2.º ciclo ao ensino secundário, envolvendo mais de 50 mil alunos e professores ao longo do ano letivo 2017/2018."

Queremos agradecer a todos aqueles que colaboraram connosco e que tornaram possível levar os mediacamentos às pessoas mais carenciadas do concelho de Castro Daire.

 

giae

giaeINTERNO

Resultado de imagem para centro qualifica

BIBLIOTECALOGO