More... NOTÍCIAS EM DESTAQUE    

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

Aqui, podes ficar a saber todos os destaques do Agrupamento de Escolas de Castro Daire. Visita o Menu ATIVIDADES e fica a saber mais....

More...
More... CONTRATAÇÃO PÚBLICA    

CONTRATAÇÃO PÚBLICA

Encontra-se aberto procedimento concursal para a contratação de 2 Técnicos (Terapeuta da Fala e Informática). Saiba mais no menu PROCEDIMENTOS CONCURSAIS

More...
More... PLANO DE CONTINGÊNCIA COVID-19    

PLANO DE CONTINGÊNCIA COVID-19

Consulta o Plano de Contingência do Agrupamento no menu PLANO de CONTINGÊNCIA

More...
More... CLUBES E PROJETOS    

CLUBES E PROJETOS

Sabe tudo sobre os Clubes e Projetos em funcionamento no nosso Agrupamento no Menu CLUBES e PROJETOS. Temos novidades no Eco Esolas.

More...
More... CLUBE CIÊNCIA VIVA    

CLUBE CIÊNCIA VIVA

Temos novidades no menu ATIVIDAES alusivas ao Clube Ciência Viva

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2012 JoomlaWorks Ltd.

Expo Espantalhos

Publicado em:

A tradição já não é o que era…  

É melhor!!!

“O Jardim da vila de Castro Daire embelezado com espantalhos”

“O Espantalho é um boneco, feito de roupas velhas e chapéu, podendo ou não ser recheado com trapos, palha, estopa e ou outros materiais. São colocados em meio a hortas ou plantações com o objectivo de espantar as aves, simulando a presença do homem. O uso do espantalho como meio de afugentar aves é relativamente antigo, e está presente em diversas culturas.

Neste ano lectivo 2011/2012, para fazer relembrar costumes e tradições dos nossos antepassados, os dos alunos dos 7º e 8 anos das Turmas de Artes Tradicionais e as turmas de EVT do 5º e 6º ano da Escola E B 2,3 de Castro Daire, em colaboração com a disciplina de Educação Tecnológica, criaram os seus espantalhos em concordância com o tema “Espantalhos – Uma Arte Popular ”. No que se refere à execução dos espantalhos, foi dada preferência à Reciclagem: trabalhando com materiais reciclados e recicláveis. Partiram da estrutura básica da madeira, palha, brinquedos que já estavam inutilizados, roupas, sapatos e chapéus velhos, entre outros materiais diversos.

Com esta actividade pretende-se manter viva esta tradição entre a pulação Castrense, para que não venha a ser apenas uma recordação dos mais antigos e, assim, perpassar às novas gerações.

giae

giaeINTERNO

Resultado de imagem para centro qualifica

BIBLIOTECALOGO